A essência do homem é Vida, jamais lhe ocorre a morte!

13/02/2012 14:34

A matéria é, antes, sombra do espirito, produto da mente, assim como o casulo é produto do bicho-da-seda.Não é no casulo preexistente que se aloja o bicho-da-seda, o bicho-da-seda é que, expelindo o fio, constrói o casulo e nele se aloja. Também o homem, cuja natureza real é Vida-Espirito, tece  o casulo de carne com os fios da mente e nele instala a si próprio e seu espirito, somente então o Verbo se faz carne. Sabei claramente que o casulo não é o bicho-da-seda, portanto, que a carne não é o homem e não passa de casulo do homem. Em chegando a hora, assim como o bicho-da-seda rompe o casulo e alça vôo como inseto adulto, o homem também rompe o casulo de carne e ascende ao mundo espiritual. Não façais, em absoluto, da morte do corpo a morte do homem, porque o homem é Vida, jamais conhece a morte. Segundo a mente, segundo a oportunidade, segundo a necessidade, manifesta no corpo e o ambiente variadas situações, porém a Vida em si não adoece, a Vida em si não morre, segundo a mudança da mente, livremente podeis modificar vossa saúde e vosso ambiente, porém, chegará por fim a hora em que a Vida não mais necessitará do casulo de carne. Nesse momento, a Vida romperá o casulo de carne e ascenderá a um mundo de muito maior liberdade, não façais disso a morte do homem, porque a essência do homem é Vida, jamais lhe ocorre a morte.    Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade