A prática da Fé em minha vida

25/10/2011 17:06

 

 
A Prática da Fé em minha vida
Bookmark and Share 

A Prática da Fé em minha vida

por Helena Gerenstadt - gerenstadt@terra.com.br

A PRÁTICA DE DEUS

Durante a vida tive verdadeiros embates interiores, perguntando-me de onde venho, o que faço aqui e para onde irei. Tive épocas em que fiquei muito triste, sentindo-me a última das pessoas. Motivos existiram e foram vários, mas agora não mais importam, porque aprendi a virar a cabeça para o lado, percebi o idoso abandonado, as crianças nas ruas, as pessoas sem conhecer nada sobre espiritualidade, e aí percebi o quanto fui egoísta e pequenina em minhas lamentações interiores. A mola que impulsiona este mundo criado por Deus é o amor, e que somente no amor fraterno se evitará que o sofrimento aumente.

Esta foi a minha conexão direta com Deus. Todos nós fomos criados à sua imagem e semelhança, alguns antes que outros, alguns por vontade própria foram se afastando uns dos outros, vivenciamos muitas coisas, mas de repente percebi também que posso ser alguém importante e o meu trabalho pode ser grandioso, demonstrando minha força de vontade, reconhecendo a parte que me toca com humildade, e principalmente com amor à humanidade e ao planeta em que vivo. Sem medo, mas com amor (ainda estou aprendendo), renovei o meu pacto com Deus. Aprendi também a entender as mensagens dos Mestres, do Mestre Jesus principalmente, e assim sendo, trabalhar... trabalhar... trabalhar...

Tudo isso aprendi no silêncio interior, no Vigiai e Orai. Foi bom esse período, e continua sendo, porque entendi como é bom conversar consigo mesmo. Quanto mais minha mente vai ficando silenciosa, calma, tranqüila, mais minha conexão com Deus é permanente. Vou agradecendo ao despertar, por tudo o que tenho e tudo o que sou. Agradeço ao Sol por dar força ao meu plexo solar, à lua por me acalmar. Vou aceitando a vida como ela é... como Deus quer que seja.

Acredito que Deus nos veja como pequeninos focos de Luz, portanto lembremos as palavras do Mestre Jesus: Vós Sóis a Luz do Mundo!

Um abraço fraternal.

Helena Gerenstadt