A QUEBRA DOS ESPELHOS

16/07/2014 13:51
 


MARIA PADILHA
Através de Maria Silvia Orlovas
09/07/2014


A quebra dos espelhos.
Nós estamos vivendo o momento da quebra dos espelhos.



Quando não é mais permitido para a Humanidade viver em função das imagens, viver em função da idealização, viver tentando mostrar para as pessoas que vocês são o que vocês não são…

Cada vez mais, a nível pessoal e também dos grupos, está sendo tirado esse tipo de chance e de oportunidade.

Esse é um grande aprisionamento que está sendo rompido na Humanidade. Não cabe mais a esse tempo de evolução, da consciência desperta, que as pessoas se escondam atrás das aparências.

Fazendo de conta que são felizes, quando estão tristes.
Fazendo de conta que são ricas, quando são pobres.
Fazendo de conta que são bem realizadas, quando se sentem infelizes.

Meus amados, nós não fazemos pregação da tristeza, nem da pobreza, nem queremos um mundo feio ou um mundo triste. Ao contrário, nós queremos libertar vocês das falsas imagens, para que vocês vivam a imagem verdadeira…

A consciência verdadeira, daquilo que vocês são, daquilo que vocês podem Ser… Com tranquilidade. Porque custa muito caro manter as aparências. Porque é muito difícil, muito pesado manter as imagens.

Eu vivi numa época em que os vestidos e as jóias eram mais importantes que pessoas.
E sei bem o peso de carregar tudo isso.

Sei o enorme peso de manter relações falidas: amizades que não são amizades; conviver com pessoas que só querem o seu mau, porque você precisa estar com elas. Há um aprisionamento externo e há um aprisionamento interno.

O externo é o esforço que você faz para manter esse tipo de convivência, para manter esse tipo de idealização. E o interno é o peso que fica no seu coração, é a necessidade de sempre fazer melhor, estar melhor.

E a completa insatisfação que você carrega dentro de você, por que sempre vai se olhar e sempre estará inadequado nos padrões da comparação.

Libertem-se disso. Busquem o verdadeiro Eu. O Eu de Luz que pode errar.
O Eu de Luz que pode igualmente acertar, mudar de ideia, seguir outros caminhos.

Vocês não precisam perseguir um padrão social, ou a riqueza, nem fugir da pobreza. Porque tudo faz parte de um grande cenário. O mais importante, na sua caminhada, é a sua felicidade. Com mais ou com menos dinheiro. Com mais, ou com menos prestígio. Com mais, ou com menos esforço.

Vocês vêm de muitas vidas em guerras, em lutas, se comportando o tempo inteiro num grande esforço de se manter dentro de um padrão eleito pela sua mente. Libertem-se disso.

Vocês vão observar uma grande alegria, uma grande felicidade nesse processo de libertação. A humanidade ainda está muito presa a títulos, a funções que ela criou dentro de um ideal de vida e de realização.

Vocês podem ser o que são. Professores, bancários, funcionários públicos… Gente simples, pessoas que não trabalham objetivamente. A dona de casa, a mãe, a filha, o irmão… Tudo são títulos.

Acalmem o coração. E encontrem o seu verdadeiro Eu Sou. Olhem para a sua Luz, para a sua Força. Porque é através desta Força que virá o grande desenvolvimento da sua energia, o fortalecimento dos seus talentos, dos seus dons, e a única felicidade real que está sediada na paz, na auto aceitação.

Quero dizer a vocês que o trabalho junto a Fraternidade Branca, é um trabalho de grande valor. E quero explicar que fui aceita dentro desta missão, também, para quebrar os padrões de quem faz o que. Porque todos estamos a serviço da evolução.

O diretor não é mais importante do que o professor ou do faxineiro num prédio de uma grande escola. Todos ali, cada um tem a sua função.

E é um momento de Expandir a Consciência e de receber os benefícios desta libertação. Vocês são Seres de Luz e devem se desprender das imagens que criaram, dos espelhos que construíram para se verem com beleza e com luz.

Porque a sua beleza é real, a sua força é real, e a sua consciência é maior do que as crenças limitantes que já determinaram a sua alegria e a sua felicidade. Expandam o coração e libertem-se de tudo aquilo que já pesou e já impediu a sua evolução.

Em sintonia com esse momento de quebra de ego e de vaidade, Eu Sou Maria Padilha.
E abençoo vocês, com a minha Força.

Quero explicar que Seres, da minha natureza, são importantes dentro do trabalho espiritual. Porque nós podemos compreender os pensamentos humanos. Nós conhecemos as tragédias, as derrotas, os sofrimentos de cada um de vocês. Porque estamos muito próximos do mundo material.

E é aí que nós fazemos o nosso serviço, a nossa limpeza. E é aí, que nós ativamos a energia da libertação e da elevação. Nós ajudamos vocês no mundo objetivo a dar o grande salto da iluminação.

Estamos com vocês.
Estamos a serviço.

Na Luz do Eu Sou, Eu Sou, o que Eu Sou. 

Por favor, respeite todos os créditos
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/07/maria-padilha-quebra-dos-espelhos.html
http://www.mariasilviaporlovas.com.br/ms/maria-padilha/
Áudio: ALPHA LUX 26 ANO 16
Mensagem enviada por Silvana Toti
Grata Sil!

LUZ!