A SANTIDADE DO SEU SER INTERIOR

13/11/2012 13:18

 


 


Mensagem de Julie Redstone
13 de Novembro de 2012.



Amados,

Este é o momento da revelação, o momento do despertar do novo, do que tem sido até agora invisível, exceto aos olhos de poucos. E o que está despertando é a consciência de si mesmo, como algo mais do que o ser físico, mental e emocional que age e reage no plano físico.

O que está despertando é um sentido atemporal dentro de si mesmo, não como uma realidade completa, mas como uma possibilidade. Este espaço atemporal dentro de si, é a alma eterna – criada há muito tempo através da intenção Divina, refletindo um aspecto único da Fonte sagrada da vida e concebida para expressar esta sagrada Fonte em manifestação no plano físico.

É esta percepção do Ser atemporal e universal que está despertando, e enquanto ele faz isto, o coração começa a responder com um desejo e uma maior capacidade de amar, provocado pela proximidade maior do eu consciente da alma.

Este despertar não é produzido pela vontade humana, nem pelo desejo de despertar, embora isto contribua em alguma medida, com a velocidade com que a revelação pode ocorrer. Além de tudo, é a transformação dos corpos físicos e energéticos da Terra e a simultânea transformação dos corpos físicos e energéticos de cada ser humano, que está possibilitando a maior compreensão da verdade, através do aumento da luz que estes corpos já são capazes de manter.

Há muitas pessoas para quem esta mudança não é ainda aparente, que estão ainda sentindo principalmente os efeitos dos desafios, das privações e necessidades não satisfeitas no plano físico. E para estas, os desafios da sobrevivência estão ainda mantendo a posição central na consciência, mesmo quando o ser físico é desafiado a encontrar um meio de instituir a continuação da vida.

No entanto, até para estas almas que estão enfrentando grandes desafios, as escolhas que estão abertas agora para a exibição destes desafios se tornaram mais amplas e cheias de luz. As possibilidades de ver os eventos da vida a partir de uma perspectiva mais elevada, por menor que esta perspectiva possa ser em sua aplicação, são mais reais e presentes. E assim mesmo para estas almas que estão sofrendo, há uma maior possibilidade de conforto vindo do interior – da sua alma eterna que tem mais acesso do que nunca ao eu consciente.

O ser interior sagrado de cada ser vivo esteve sempre presente. Mas a capacidade de conhecê-lo, de senti-lo e de integrá-lo a sua vida diária tem sido severamente limitada pela ausência relativa da luz no plano físico e no corpo. 

Agora, este déficit está sendo substituído pela maior expansão da luz nas células do corpo de cada coisa viva. E enquanto as células aumentam em sua capacidade de manter a luz, assim também, as almas individuais vêm para expandir o seu sentido do possível – do que elas podem ser, do que elas podem se tornar e de como elas podem enfrentar os desafios da vida.

O que é importante que cada um saiba enquanto esta mudança continua, é que as emoções podem estar elevadas em resposta aos eventos externos. Pode haver uma sensação de tumulto, de confusão, ou de ansiedade, em relação aos eventos no plano físico.

No entanto, o espaço para se interiorizar chama cada um a alcançá-lo, a nele ancorar, dar-lhe crédito, como a realidade mais profunda da vida no plano físico.

Esta volta para o ser interior sagrado é a calma no meio de uma tempestade. 
É a esperança e o amor na presença de desafios desconhecidos. 

É a confiança e a segurança de saber que se é eternamente mantido nos braços de Deus e do amor de Deus. 

Nesta volta se encontra o futuro de toda a humanidade e a mudança de consciência que trará este futuro ao ser.

Todas as bênçãos a vocês.


http://www.worldblessings.net
Tradução: Regina Drumond 
reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!