A VERDADE INTUITIVA FERE?

20/09/2012 12:51

 


 

PERGUNTAS E RESPOSTAS COM JENNIFER HOFFMAN
20 de Setembro de 2012



Querida Jennifer: Eu tenho uma amiga que é intuitiva e ela, muitas vezes, compartilha os seus conselhos intuitivos comigo, perguntando-lhe ou não. Embora ela tenha compartilhado informações úteis, ela recentemente compartilhou coisas que me magoaram e que eu as considerei cruéis. Mas ela diz que ela obtém estas mensagens para me ajudar. Realmente, eu não gosto disto, e estou começando a me perguntar quem está certa e se as suas mensagens são intuitivas, porque elas parecem desagradáveis e por que eu sinto que ela está sendo maldosa?

Resposta de Jennifer: A menos que haja uma razão convincente para compartilhar mensagens com você, como quando você estiver em risco de ser prejudicada, ou haja algo muito sério acontecendo em sua vida, não há razão para qualquer intuitivo compartilhar conselhos não solicitados por você. A menos que você peça a informação, elas não deveriam ser compartilhadas. Embora os intuitivos frequentemente recebam muitas mensagens sobre as pessoas, eles atravessam uma linha tênue quando a compartilham sem serem solicitados.

O que é mais perturbador para mim, é que as mensagens não deveriam ser mesquinhas ou indelicadas, causar-lhe angústia ou perturbação. Se for este o caso e você sentir que a sua amiga está sendo maldosa, então há algo mais acontecendo com ela, com o ego se manifestando e não agindo a partir de um espaço cheio do Espírito. Será que ela está com ciúmes de você, as coisas não estão indo bem na vida dela, ela sente que precisa se sentir superior ou se colocar no papel de mestre? Ela pode sentir que este é o seu chamado, mas não é de um espaço elevado, se estiver lhe causando angústia.

Na próxima vez em que a sua amiga se oferecer para compartilhar uma mensagem que lhes deixe desconfortável, deixe-a saber que você não aprecia as suas intuições e preferiria que ela as guardasse com ela, a menos que você lhe pedisse, especificamente. Pode parecer cruel, mas ao angustiá-la, ela está realmente diminuindo a sua energia e isto, curiosamente, faz com que ela se sinta mais poderosa. Confie em sua intuição aqui: é um alerta para algo importante. Seu espaço energético é sagrado e outros não têm o direito de nele entrar sem a sua permissão (o que é 99% verdadeiro; pode haver algumas exceções, mas não é este o caso.)

O aconselhamento intuitivo, quando vem de um espaço de amor incondicional e é cheio do Espírito, não fere, não perturba ou prejudica os outros.

Embora, algumas vezes, seja difícil de compartilhar uma verdade que você sabe que pode perturbar alguém, isto pode ser feito de uma maneira amável, atenciosa e compassiva. Neste caso, a sua lição é ter limites mais fortes, proteger-se e não permitir que outros invadam o seu espaço energético. Sua lição é aprender a compaixão e honrar os seus dons, compartilhando-os de uma maneira mais atenciosa e cheia do Espírito. Ela parece ter problemas com o seu ego e eles serão lições que ela terá que aprender com alguém, mas não tem que ser com você. A orientação intuitiva deve ser edificante, esclarecedora, útil e positiva. Caso não seja, então ela pode ser captada através da intuição, mas de um espaço energético que não é muito iluminado.


www.urielheals.com
Tradução: Regina Drumond 
reginamadrumond@yahoo.com.br