COMO LIMPAR O NOSSO CARMA

13/07/2011 10:52

 
Bookmark and Share
por Hee Jin Myung - myungheejin@yahoo.com.br

 

Como limpar o nossa carma?

 

Conheço pessoas que apesar de serem boas, trabalhadoras e esforçadas, tem uma vida infeliz: uns carregam doenças incuráveis, outros tem um cônjuge terrível e outros tem uma vida miserável.

Isso pode acontecer por causa do "carma". 

Eu defino o carma como um fardo que carregamos devido ao nossos erros do passado.

A finalidade do carma é nos ensinar o certo e o errado.

Como podemos limpar o nosso carma?

Há básicamente três coisas que limpam o nosso carma: a caridade( o amor de Deus), a verdade e a fé.

A caridade cobre uma multidão de pecados. O bem é oposto do mal. Praticar a caridade anula os erros do passado.

O amor anula  o ódio, o mal, os erros. Se Deus é amor, quem anda em amor, está andando com Deus...

A verdade  também limpa o carma , porque ela desperta a nossa consciência, nos transforma, traz arrependimento.

A verdade muitas vezes dói porque mostra os nossos erros, fere o nosso orgulho, nos incita a mudar.

A verdade é como a luz, nos mostra o caminho certo e quem anda na luz não tropeça mais.

Se a finalidade do carma é nos ensinar o certo e o errado, nada melhor do que a verdade para limpar o nosso carma.

A terceira coisa que limpa o carma é a nossa fé.  Não a fé nas coisas ou no homem, mas a fé em Deus.

Todos possuimos uma medida de fé como todos possuimos músculos. Para a fé mover montanhas precisamos desenvolvê-la igual aos músculos, fazendo exercícios.

Exercitar a fé é viver da fé, é crer e agir de acordo com a nossa consciência. Fazer sempre o que é certo ...custe o que custar.  Se fazemos sempre o que é certo, é claro que acabaremos anulando os erros do passado!

A fé é o poder de Deus em nós. Através da fé você se torna um só com Deus.

Somente através da fé você verá milagres na sua vida.(cura, prosperidade, felicidade no amor).

Porque Deus se agrada da nossa fé?  Porque a nossa fé é o nosso esforço para nos tornarmos parecidos com Deus.

"Quem crer em mim fará as mesmas obras que faço", dizia o Mestre...