DEPRESSÃO E ASCENÇÃO

13/08/2012 11:14


Mensagem de Jennifer Hoffman
13 de Agosto de 2012.



A depressão é algo que afeta mais e mais pessoas hoje. É uma palavra que usamos para descrever como nos sentimos quando estamos tristes, desanimados, desmotivados, inquietos, e em casos piores, sentindo-nos desesperados, impotentes e inúteis.

Quando estamos deprimidos, é difícil ficarmos motivados para fazermos algo e podemos também, ou ficarmos muito emotivos e chorosos, ou nos sentirmos mortos e sem vida. E é algo que mais pessoas irão experimentar, enquanto expandimos os nossos campos de energia, porque quanto mais nos tornamos energeticamente conscientes e acolhemos a ascensão, maior o nosso risco de ficarmos (temporariamente) deprimidos.

Isto significa que se expandirmos o nosso campo energético, corremos o risco de ficarmos deprimidos?

Absolutamente, e por várias razões.

Quando estamos conscientes dos novos níveis de energia, o que significa que esgotamos as nossas conexões energéticas existentes, criamos dois fluxos separados de energia. Um fluxo consiste de nossa própria energia e o segundo fluxo é o novo e mais elevado fluxo de energia.

Ficamos deprimidos porque os níveis mais elevados de energia comprimem a nossa energia e nos tornam muito conscientes de sua vibração menos elevada.

Este processo literalmente comprime quaisquer aspectos limitantes fora de nós, para que possamos saber o que são (como se espremêssemos o creme dental de um tubo), que é porque a nossa vida parece tão sombria e “ruim”, quando estamos deprimidos.

Precisamos criar uma conexão com o novo fluxo, liberando as coisas que estão diminuindo a nossa vibração, para que possamos integrar a nova energia. Os dois níveis não podem co-existir dentro de nós: temos que escolher qual é que ficará.

Quando estes aspectos menos elevados são liberados, nós os sentimos como uma energia emocional pesada, lembretes de nossas limitações, fracassos, dúvidas, confusão e a realidade que temos neste momento. Estamos plenamente conscientes de tudo em nossa vida que não está funcionando, que não nos traz alegria e que não é muito gratificante.

Agora nos sentimos presos e parados – e estamos.  

Este é o ponto onde temos que nos alinhar com os novos níveis de energia e criarmos os canais para integrá-los em nossa realidade, para que eles se tornem a nossa nova vibração. Se estivermos muito conscientes deste processo, nós nos abrimos para novos potenciais. Caso contrário, ficamos deprimidos, sentimo-nos terríveis e podemos viajar por uma espiral de autojulgamento e medo que pode nos tornar física e mentalmente doentes.

A razão para a depressão é que não estamos mais energeticamente alinhados e plenamente conectados com a nossa energia e vibração existente.

O propósito da depressão é nos ajudar a nos tornarmos conscientes das novas energias com que podemos nos alinhar.

A comunidade da psicologia a define como um problema baseado na mente, mas ela é realmente energética. Quando vocês se sentem “deprimidos”, a sua energia foi comprimida e vocês estão plenamente conscientes do que pode ser liberado para ajudá-los a se alinhar e integrar as novas energias.

Alinhamento e integração são alcançados através da meditação, da consciência, da liberação e da ancoragem.

Isto nos permite nos conectarmos com nova energia e nos coloca em um nível superior de vibração energética. Enquanto isto está acontecendo, pode ser muito desconfortável e se nos lembrarmos porque isto está acontecendo, podemos usar a nossa depressão para liberarmos aquilo que não serve ao nosso desejo, para ascendermos e nos prepararmos para energias novas e de vibração mais elevada, para que se tornem a nossa nova e expandida realidade.

 



www.urielheals.com
Tradução: Regina Drumond 
reginamadrumond@yahoo.com.br