Mudou o ar que respiramos!

11/01/2012 18:13

 

 
Especial STUM: Mudou o ar que respiramos

Quanto Amor, quanta beleza e doação nos envolvem a todos! Mesmo nas grandes cidades, nas “selvas de pedra”, a vida transcorre de forma precisa, pontual e perfeita... para quem sabe, observa e sente.
O Conhecimento da Verdade faz toda a diferença. Permite que permaneçamos numa vibração de harmonia e serenidade em qualquer época, lugar ou situação, percebendo o poder que emana do Propósito Divino de nossa existência, proporcionando-nos um poderoso escudo de Luz pura nos Protegendo, amparando e ao mesmo tempo nos guiando por caminhos seguros em nossa Jornada terrena.

O acaso não existe, tudo está de acordo com a Consciência Cósmica que rege a Criação, desde a menor molécula até a mais bela e majestosa Galáxia... energia inesgotável emanada da Fonte que nos deu a vida -e a mantém-, num perpétuo e belíssimo milagre... onde a felicidade e a bem-aventurança, (o Céu na Terra), estão permanentemente ao nosso alcance, uma vez que tenhamos aprendido a controlar nossa mente, nossas emoções e conseguido ainda realizar uma benéfica faxina em nossas crenças e dogmas, que nos acompanham desde os primeiros passos, na infância.

Quanta tensão física e mental já sofremos por conta de normas estabelecidas por indivíduos míseros, perversos, que se colocavam acima “daquilo que é”, indo contra o bom-senso e as múltiplas manifestações do Amor Incondicional e das leis naturais.
Quanta culpa, pecados e constrangimentos foram impregnados, cravados fundo em nossa personalidade ainda em formação, ingênua talvez, mas merecedora de absoluto respeito e cuidado. E quantos irmãos nossos ainda vivem prisioneiros de gaiolas energéticas, cunhadas milhares de anos atrás e mantidas vivas até hoje; seres adormecidos, hipnotizados, que não conseguem sequer vislumbrar o seu próprio brilho, sua natureza divina, seu imenso poder que sempre esteve à sua disposição. Que enorme desperdício, que sofrimento brutal... Almas capazes de voar nas alturas como as águias, vivendo -porém-, uma existência de ovelha, perambulando dia após dia no campo, submissas à vontade de um pastor ou sujeitas à fúria do cão de guarda, caso tentem se desgarrar do rebanho.

Quanto medo (da violência, da doença, da falta, da morte) é atirado em cima de nós... e ainda como podem tanta banalidade e idiotice despejadas pelos meios de comunicação fazer parte de nosso cotidiano de forma invasiva... e serem consideradas o supra-sumo?
E as mulheres, o Sagrado Feminino? Elas que geram a vida, que amparam, suportam, educam a prole e são desde sempre depositárias dos verdadeiros e permanentes valores espirituais? Por que a maioria delas ainda não ocupa os postos que lhe são reservados, por direito divino, nas altas hierarquias, em todos os campos da vida? Inclusive nos lugares-chave das religiões...
E os relacionamentos? Quanta ilusão e fantasia -presenças incessantes na mídia-, ainda machucam os parceiros despreparados emocionalmente para a vida em comum... quantos sabem onde reside a verdadeira essência, o cerne de cada união, aquele aspecto espiritual que permite atingir a profunda harmonia, o respeito absoluto, o crescimento mútuo, enfim, a verdadeira felicidade?

Sim, passou da hora de assumir o controle completo da nossa vida, de agirmos com consciência desperta a cada momento, a cada movimento, a cada escolha. Será nossa vontade, em conexão com a Fonte, a balizar o percurso que está se abrindo. Sinto que é um privilégio enorme -de verdade-, estarmos vivendo estes eventos históricos, em lucidez total e vibrando a verdadeira Unidade, em condição de dar nossa fundamental contribuição para derrubar mais e mais muros: do desamor que mata, dos preconceitos inventados para nos separar, da crueldade contra a Natureza e todo ser vivo, da perpetuação da corrupção e das castas, das máfias e dos falsos profetas, daquelas religiões que controlam e manipulam sem perdão corações e mentes.

Mudou o ar que respiramos, a energia que nos envolve; nossos olhos já não mais enxergam através de véus. Já conseguimos distinguir -quase que na lata-, quem é sincero e espontâneo de quem decorou os livros de regras e normas para impô-las à maioria, esquecendo-se de dar o exemplo e, sobretudo, de que o ato de ferir ou prejudicar os semelhantes equivale a machucar a si mesmo. Sim, conseguimos perceber o quanto esses seres são limitados, fracos, egoístas, vaidosos, apegados ao poder e à matéria, incapazes de gestos nobres, de se doar, de olhar um pouco além de seu próprio umbigo para tantos seres miseráveis abandonados à sua própria sorte.
E isso em quase toda parte do mundo dito civilizado.

Mas está nas leis eternas: tudo é cíclico... tem seu ritmo... seu começo, meio e fim. Sim, estamos chegando ao ponto de mutação, quando praticamente todos os recursos já foram empregados para manter a estrutura decadente, corroída e periclitante, ainda de pé...
Agora, algo bem maior que as forças da matéria parece estar monitorando de cima e de perto todo o processo, sem muito alarde, mas com firmeza e planejamento perfeito. O estrago feito por toda parte foi muito grande e quem ainda dá as derradeiras cartas não tem a sabedoria e nem a hombridade exigida para desferir os movimentos decisivos, profundos e imparciais que seriam imprescindíveis.

2011: um ano cabal, um prelúdio saboroso e cheio de movimentos que ninguém conseguiu deter... nada ficou como antes; começou uma crise de amplitude inimaginável, derrubando e tirando de cena tiranos vitalícios e colocando de joelhos países aparentemente sólidos e prósperos, antigos baluartes da ordem, do bem-estar e da democracia. No entanto, tudo era um faz-de-conta maquiavélico, com enormes falhas de sistema, de planejamento e de execução.

2012: o tão esperado e apavorante ano da profecia Maya... na realidade o começo da profunda transformação, da Luz prevalecendo sobre a sombra, da Consciência Cósmica atuando na regeneração da Terra, apoiada em pessoas como a gente, Você, eu, e todos os seres despertos, unidos e preparados para viver finalmente a Era do Amor Incondicional, da Unidade e da Divindade que em todos nós habita.
Que seu serviço da Luz seja realmente útil, compensador e que Deus Pai/Mãe guie seus passos hoje e sempre!
Abençoado seja V. e todos que estão e permanecem no Caminho da Verdade.

Sim, somos um só!
Agradeço aqui os queridos e pacientes Guias e mais a turma toda que permite que o site exista: Rodolfo, Sandra, Teresa, Marcos, Anderson, Ian, Lidiane... e Você!

Namastê (O Deus que É em mim saúda o Deus que É em Você).
Sergio STUM