O MANUSCRITO DE SOBREVIVÊNCIA

03/05/2014 13:20
 


PARTE 414
Os Companheiros Constantes 
Canal: Aisha North
01.05.2014


Como já notaram, agora as rodas continuam girando cada vez mais rápido com o motor da mudança instalado em um novo equipamento. Este motor, na verdade, é um conjunto formidável de maquinaria, porque todos os componentes desta máquina são vivos, onde cada um conta como peça importantes e vital, fato que reafirmamos em toda conotação da palavra.

Esta máquina viva, uma criação poderosa que, por sua vez cria o Novo, na verdade nada mais é do que um aglomerado de almas, com algumas delas habitando um corpo físico, como o seu, enquanto que outras existem no plano etérico. E juntas, formam um enorme e complexo exército de colegas de trabalho, todos ligados entre si, de tal maneira que não importa o quão dificilmente um único de seus componentes tente se segurar por causa do medo, pois não pode impedir a continuação desta operação em seu todo.

Como antes afirmamos, o medo é, em si, o fator mais inibidor que existe e, anteriormente, na história da humanidade apenas uma pequena porção sua, administrada no momento certo, foi suficiente para literalmente paralisar qualquer um de vocês em suas faixas e, assim, controlar o destino da humanidade, simplesmente com uma questão química.

Seu medo associado com uma emoção é no sentido físico meramente um resultado de um coquetel de diversos produtos químicos liberados na sua corrente sanguínea que entram no seu sistema e acionam todos esses sintomas físicos e emocionais que conhecem tão bem. E falamos de quantidades incrivelmente pequenas desses produtos químicos que, na forma de hormônios, podem desencadear uma resposta muito poderosa. Por isso, não admira que este mecanismo seja considerado uma arma tão infalível de impedimento pelos controladores das mentes e corações da humanidade.

Lembre-se que foram bem treinados para seguir suas mentes e que quando a mente se senta no banco do motorista estará sempre sujeita a essas emissões químicas que irão acionar esses mecanismos de luta ou fuga, que são parte intrínseca da paralisia do poder inerente da humanidade.

Agora, como finalmente conseguiram ultrapassar este sistema de "mente sobre a matéria", também reduziram as ações de todas estas reações químicas dentro de seus corpos. Quando o coração assume seu lugar de direito de comando, sempre saberá como lidar com estes sinais do corpo, emitidos em determinado momento.

Saberá distinguir entre os sinais que são importantes para atender e ignorar todos outros sinais de falsos alarmes, que poderão surgir em intervalos frequentes. Saberá quando alguém estará tentando jogar consigo e, assim, se levanta acima do barulho de vozes que tentam assustá-lo de volta, com todos esses inúmeros alertas de "olha o lobo!".

O coração é a sede de sua alma sempre que habitar um corpo físico como o seu e, assim, saberá quando agir ou sentar para simplesmente deixar essas ondas de lavagem de caos agirem sobre si.

E enquanto conseguir se centrar no seu coração, seu corpo também aprenderá a seguir sua sabedoria interior e parar de cair nos mesmos e velhos truques de criar o caos através do medo, através deste coquetel químico de guerra mental que é liberado, quando o velho instinto do medo é acionado. É simplesmente uma resposta programada de um daqueles velhos "bugs" implantados em seu sistema por aqueles que precisavam de uma maneira fácil controlá-los.

E o que fizeram, foi inserir uma sequencia de reações químicas que poderiam ser acionadas remotamente, sujeitando-o a uma vibração, na forma de um intervalo específico de frequência de ondas. Em muitos aspectos, é algo como ter um receptor de rádio dentro de você, sintonizado numa estação, onde ele só pode receber sinais de baixa frequência que automaticamente definem as mesmas reações físicas e emocionais debilitantes, toda vez que é acionado.

O aparecimento do medo cancelará qualquer reação espiritual aparentemente bem intencionada para esses padrões de ondas de baixa vibração e, assim, sempre que se instala, geralmente consegue substituir toda e qualquer resposta sensata e bem calculada.

Algo como um cavalo em pânico, disparado a toda velocidade, não atendendo a direção que é instruído para seguir, simplesmente fugindo cegamente para longe de qualquer ameaça percebida. Este é o mecanismo de luta ou fuga em sua bela simplicidade. Apaga qualquer coisa, exceto a sensação esmagadora de perigo e assim, desabilita todas as suas outras faculdades.

Mas agora não mais para aqueles que, como você, conseguiu se desembaraçar do velho mestre, a mente, e deixou o coração passar adiante e alivia-la de suas funções anteriores.

Novamente o coração está mais uma vez no centro de comando e estas modulações de baixa frequência,  que ainda continuam sendo enviadas, deixarão de acessar esse seu receptor interno. Efetivamente não está mais sintonizado nessas velhas estações de medo.

Agora, seus rádios internos foram reconfigurados de tal forma para apenas receberem as novas frequências, aquelas que simplesmente carregam uma mensagem, a mensagem do Amor. E assim, o que escolheu para receber o ajudará a zerar todos esses mecanismos antigos.

Claro que ainda carregam a capacidade de produzirem estes produtos químicos, sempre usados ​​quando seu corpo precisa reagir de forma rápida e decisiva,mas, agora, a diferença é que saberá o que e como responder.

Também saberá quando for um alarme falso, algo para ser simplesmente ignorado.

Essas estações antigas que enviavam esses pedidos de socorro ainda estarão muito ocupadas, fazendo exatamente isso para aqueles que ainda preferem estar em sintonia com essas transmissões. Não haverá fim desses gatilhos enviados, de modo que, literalmente, poderãooptar por afogar-se nestas inundações de inibição por produtos químicos liberados na sua corrente sanguínea.

O medo de fato é ainda uma presença poderosa na vida de muitas pessoas, quando optam por permiti-lo. 

Já para outros, o Amor tomou o importante espaço dentro deles e é a única luz que guia e os mantêm, não importando o que o restante de seus companheiros pensem ou façam. Todavia, embora o medo possa ter um efeito muito devastador sobre a humanidade, não é páreo para o poder do Amor e, mesmo que isso possa soar como o título de uma das suas músicas mais populares, é também um fato real.

Lembre-se que o Amor também é uma frequência e de tal amplitude que pode substituir todo o resto. E assim, quando penetra em você, nada mais poderá entrar ou bloqueá-lo. Nada em toda a criação pode levar uma música que seja capaz de afetá-lo negativamente de alguma forma.

O Amor é a vibração que é o auge de todas as outras e nada que não seja compatível com a sua frequência, simplesmente será expulso e desviado por esse escudo de harmônicos que a sua frequência cria em todas as coisas que carrega.

Tudo é energia, onde o Amor está numa categoria própria, quando se trata de assinaturas de frequências. Porque Deus é Amor e o Amor é a frequência de assinatura de Deus. E todos são partes desta criação e também uma parte de Deus e, assim, carregam esses mesmos receptores para sintonizar-se com este padrão de frequência, desde o início.

Mas como estiveram submetidos a um processo de reprogramação, esses receptores foram inibidos de tal forma que se tornaram presa fácil dos controladores, que queriam que respondessem à seu chamado e, assim, tornou-se ajustado para sintonizar à frequência do medo, como discutimos anteriormente.

Agora, essas antigas programações foram tornadas nulas e sem efeito e, por isso, a sua estação do Amor está mais uma vez pronta e capaz de receber todo o espectro de programas provenientes da fonte e, como tal, encontrar todos dançando livremente na nova sintonia que flui em seu ser, vindas deste manancial de Amor.

Uma vez mais, falamos em termos simples sobre um assunto que, para muitos, ainda mantêm o significado da vida e da morte de uma forma muito real. Todavia, escolhemos essas palavras a fim de lembrá-lo de toda a alegria contida nestas frequências de Amor.

Passaram a maior parte de suas vidas sob o domínio do medo e já andaram sobre a Terra com uma careta em seus rostos, carregadas de tristeza e desânimo e, na verdade, com todo tipo de baixa densidade emocional que pudessem enumerar.

Emoções também são energias, às quais estiveram submetidos por muito tempo, que os deixaram arrastando os pés, devido ao ataque intenso da entrada e saída em que, aparentemente, sempre estiveram, sugados numa espiral emocional descendente. Mas agora, estas densidades antigas foram flexibilizadas, tornando-os capazes de simplesmente livrar-se do resto e deixarem seus espíritos levanta-los como um balão cintilante e brilhante em todo o caminho, até o céu.

Este novo tipo de frequências de Amor, apresenta uma flutuabilidade que irá elevá-lo de corpo e alma cada vez mais no alto e, com elas, também virá o equivalente emocional de leveza, na forma de felicidade, alegria e um profundo sentimento de alívio.

E é por isso que estamos aqui, para lembrá-lo de que não precisa levar aquela velha bagagem emocional e incapacitante por mais tempo, pois não é mais sua para transportá-la. Sabemos que temos falado sobre este assunto repetidamente, de modo que, mas mais uma vez, é importante lembrar.

Entraram numa nova fase que foi concebida para jogar fora os velhos dramas, aos quais se tornaram tão acostumados e, de fato, quase impossível para alguns de vocês de não mantê-los. Esta fase foi definida para um propósito muito diferente, ou seja, para criar. Agora, será o criador, o diretor e a tripulação para colocar todos juntos.

Agora, cabe a você definir as regras, se houver alguma, para deixar o desejo do seu coração sair e brincar - em todos os sentidos da palavra. Está livre para criar e não está mais obrigado a ouvir aquela velha e impertinente canção do medo. Está realmente livre para deixar o Amor fluir em seu Ser e sair de novo através do seu coração, seus olhos, sua voz e seu corpo inteiro.

Escolher abraçar o Amor, não é algo que fique contido em si. É aquilo que simplesmente flui através de si, para fora, de volta para todo o seu mundo. Use-o e se delicie a usá-lo, sabendo que nunca ficará de fora.

Na verdade, quanto mais permitir esse fluxo de Amor fluir -  que denominamos intencionalmente de "presente" (nota Stela > viver o AGORA, mantendo-se numa frequencia positiva) por não ser apenas seu, pois é de todos -  mais o Amor aumentará. E quanto mais aprender a desprender-se da necessidade de controlar, mais rapidamente o restante do mundo também acessará o Amor.

Quanto mais Amor conseguir transmitir para o éter, a partir do seu coração aberto, mais fácil se tornará para aqueles que ainda estão ouvindo a velha transmissão de medo, ao ouvir o chamado desta bela canção acima do barulho da desinformação.

E é por isso que vamos ficar lembrando a todos para simplesmente permitirem que o Amor flua em seus corações, pois assim que entra em seu maravilhoso transmissor, será retransmitido em todas as direções, tocando os corações de milhões, cutucando a centelha adormecida dentro deles, incendiando-os, de tal forma, que a conexão com os velhos mecanismos de medo seja cortada, em todos eles, de uma vez por todas.


Por favor, respeite todos os creditos ao compartilhar.
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/05/o-manuscrito-de-sobrevivencia-parte-414.html
Aisha North – Channelingsand Words of Inspiration
Fonte e Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge 

LUZ!