O PRESENTE DE UMA PALAVRA

09/07/2011 11:04

  por Helena Gerenstadt - gerenstadt@terra.com.br

 

O PRESENTE DE UMA PALAVRA

 

 

Poucos de nós nos damos conta de quanto precisamos de encorajamento. Contudo, de vez em quando, temos de nos apoiar no calor de uma aprovação ou corremos o risco de perder todo o nosso amor próprio.
Todos precisamos sentir que há quem precise de nós e que nos admiram. Mas, a menos que ouçamos palavras de elogio da boca de outrem, como poderemos saber que somos amigos ou colaboradores de valor?
Todos os que querem melhorar suas relações com os outros necessitam apenas demonstrar para com eles uma compreensão amiga. A forma de exprimir tal entendimento e de transmitir aos outros essa sensação de importância e valor baseia-se num simples ensinamento: procure sempre no outro algo que se possa admirar e elogiar - e diga-o a ele.
Todos temos uma idéia de nós próprios, uma auto-imagem. Para achar a vida razoavelmente satisfatória, devemos poder viver com essa auto-imagem e gostar dela. Quando nos sentimos orgulhosos dessa nossa imagem de nós mesmos, sentimo-nos confiantes e livres para sermos quem somos. Funcionamos então da melhor forma. Mas se nos envergonhamos da imagem que fazemos de nós, esforçamo-nos por escondê-la, em lugar de exprimi-la. Tornamo-nos com isso hostis e de difícil convivência.
Um milagre acontece com a pessoa cujo ego foi posto nas alturas. Ela de repente começa a gostar mais dos outros, torna-se mais simpática e colaboradora com quem a rodeia. O elogio é o polimento que ajuda a conservar a auto-imagem brilhante e resplandecente.
Mas o que tem isso com o fato de se elogiar alguém? Muito. Significa que você tem o poder de realizar essa espécie de milagre noutra pessoa. Quando você estimula o amor-próprio da outra pessoa, faz com que ela se sinta mais capaz de apreciá-lo e colaborar com você. Os efeitos do elogio podem de fato ser notáveis.

A sinceridade é essencial em qualquer elogio. Reforça um cumprimento. Ao voltar para casa após um árduo dia de trabalho, o homem que vê os rostos dos filhos encostados à vidraça à espera dele pode alimentar sua alma com aquele apoio silente, mas tão precioso.
O elogio ajuda a atenuar as arestas afiadas do contato diário. Sobretudo no casamento. Contudo, é talvez no lar que o valor do elogio é menos apreciado. O cônjuge que está predisposto a dizer a palavra calorosa aprendeu uma das regras mais importantes para uma vida familiar feliz. As crianças, sobretudo, têm sede de elogio, de reafirmação e de apreciação.
Dedique-se a encontrar algo para louvar no seu filho e vai ver como suas capacidades e seu comportamento melhorarão. O incitamento pelo elogio é o método mais eficaz de levar as pessoas a darem o seu melhor.
Tal como os artistas encontram alegria no ato de proporcionar beleza aos outros, qualquer pessoa que domine a arte de elogiar acabará por descobrir que ela é proveitosa para quem diz e para quem recebe. É verdade o que afirma o ditado: "AS FLORES DEIXAM PARTE DE SUA FRAGRÂNCIA NA MÃO DE QUEM AS OFERECE".