SIGNIFICADOS INVERTIDOS

26/07/2016 13:37

 

Toda situação presente em sua vida traz consigo um precioso aprendizado. Não existem acasos no universo e nada acontece simplesmente por acontecer. Na cultura asiática isto é muito bem entendido através dos ensinamentos do Tao e do Budismo.

Toda pessoa que chega até você é perfeita, e toda experiência também. É perfeito não pelo fato de agradar ao seu ego, mas sim pelo aprendizado que ela traz. O mundo tem a sua função em seu aprendizado e ele não é opcional, você pode até escolher o caminho pelo qual vai trilhar até atingir o conteúdo do ensino, mas independente da escolha que faça o conteúdo terá que ser aprendido.

Isso para o ego é muito assustador, pois ele considera o amor e a felicidade uma grande ameaça, e trava uma luta constante e ininterrupta contra esses dois aspectos da existência alterando a percepção que você possui sobre eles. O ego diz que o amor e o sofrimento são uma única coisa, e diz também que a felicidade é o mesmo que sofrimento e usa o mundo como testemunha para te convencer disto. Basta olhar o conceito de relacionamentos e da chamada felicidade vigente neste mundo, todos estão sofrendo em busca do amor e se sacrificam em busca da felicidade como se fosse possível achá-los trilhando o caminho invertido à eles.

Porém, todo o seu aprendizado está relacionado com um único aspecto: o de substituir o medo pelo amor, a culpa pelo perdão e a separação pela unidade. Você escolheu e vem escolhendo pelo medo desde que chegou aqui, portanto cabe avaliar se ainda vale á pena continuar tendo alguma esperança de que isso vai funcionar baseado em sua própria história. Não existe nenhum aspecto do seu passado que possa validar a sua esperança, portanto a esperança que nasce da impossibilidade de se atingir um objetivo deve ser reconhecida como desesperança. Ou seja, você optou por essa desesperança e isso em algum momento deve ser identificado e corrigido. Está na hora de reconhecer que isso não deu e nunca dará certo, pois somente através da humildade de reconhecer que o mundo que você construiu falhou é que você terá motivação para fazer diferente.

Toda decisão que você toma está baseada em seus medos. Até mesmo um convite que você aceita é por medo e não por amor. A profissão que você escolheu para viver foi tomada pelo medo, o seu casamento é baseado no medo e, todas as suas relações, também têm como princípio motivacional esse medo. E é exatamente por isso que você nunca vai alcançar o amor através deste caminho. Do medo só nasce medo e sofrimento e ele nunca poderá ser reconciliado com o amor e com a felicidade. Medo e amor não convivem juntos e onde existe um não pode existir o outro. Tentar conciliá-los é uma grande perda de tempo porque a dúvida lá estará presente, e onde existe dúvida também existe conflito, portanto não pode haver paz.

A equação da felicidade está primeiramente no propósito de reconhecê-la. Esse é o primeiro passo que deve ser seguido por esse mesmo propósito. Em primeiro lugar você precisa decidir pela felicidade e, após isso, deve questionar todas as suas ações para se certificar que está agindo a partir do amor e não mais do medo. Basta fazer uma única pergunta antes de falar, responder ou agir:

“Essa minha postura está baseada no amor ou no medo”?

Se for medo não faça, se for amor faça. Do amor só nasce amor, da mesma forma que do medo só nasce medo.

É necessária bastante sinceridade, disciplina e disposição para ouvir a resposta e se deixar conduzir pelo amor. O ego vai tentar te convencer de todas as formas do seu erro, mas você deve deixá-lo de lado e agir de acordo com o seu coração.

Cada pessoa que está ao seu lado é um anjo que possui a chave da sua libertação. É um espelho que mostra a você onde está o erro e de que forma ele pode ser corrigido. Aproveite esta oportunidade, pois, do contrário, o ensinamento continuará até que você resolva abrir mão do medo para segurar o amor.

Diogo Beltrame.